Simulado de Português – Questões Objetivas

A língua portuguesa ou, simplesmente, português, é a quinta língua mais falada do mundo e originada no galego-português. Para você avaliar seu conhecimento nessa língua, que é adotada em nove países, preparamos esse simulado com questões objetivas de Português.

Questão 1

A regra de concordância verbal está devidamente respeitada, conforme a norma-padrão, em:




Questão 2

Assinale a alternativa em que o sinal indicativo da crase está corretamente empregado.




Questão 3

O par abaixo que muda de sentido se for invertida a posição de seus dois elementos é:




Questão 4

Leia o trecho a seguir.

pessoas que sentem antipatia pelos chefes, e quem tenha aversão às pessoas loiras ou altas, jovens ou que sempre sorriem. A lista é infinita”

O verbo “haver”, com esse significado, é chamado de impessoal, por ser conjugado apenas na 3ª pessoa do singular. Assinale a alternativa que apresenta outro verbo que, com um significado específico, também é impessoal.




Questão 5

Assinalar a alternativa em que as duas palavras estão CORRETAS quanto à ortografia:




Questão 6

“Ler muito não leva necessária e mecanicamente a escrever bem (....). A atitude de ler é a metonímia da vontade de entender o mundo. A atitude de escrever é a metonímia da pretensão legítima e transcendente de transformar o mundo”. (Gustavo Bernardo)

Nesse caso, o mundo da leitura e da escrita se diferenciam, respectivamente, pelas seguintes posições:




Questão 7

De acordo com a norma-padrão da língua portuguesa, o emprego da forma verbal há é adequado em:




Questão 8

A CURIOSIDADE BOA

Sim, somos curiosos. Se considerarmos que ser curioso é querer saber, conhecer, desbravar, ir além, somos definitivamente uma espécie dotada de grande curiosidade, e talvez essa seja uma vantagem competitiva que estimula nossa evolução.
Não dá para se habitar um espaço que não se conhece. Qualquer animal ao chegar a um novo lugar trata imediatamente de explorá-lo até entender como pode viver nele, onde estão as melhores fontes de alimento, quais os possíveis perigos, como encontrar abrigo se for necessário. Essa busca de entendimento do ambiente, bem como a necessidade de conhecer novos espaços, pode ser definida como curiosidade, uma qualidade natural e inata, que provoca a exploração, a inspeção e leva à descoberta e à ampliação do conhecimento.
A curiosidade, então, é uma propriedade dos seres vivos, especialmente dos mamíferos, dotados de um córtex mais desenvolvido, portanto mais apto à busca da adaptação ao ambiente. Pois esse instinto animal também existe no homem, e nele ganha outra proporção, bem aplicada. Nos humanos, a curiosidade vai além da necessidade de sobrevivência, passa pela busca do aprimoramento da qualidade de viver e chega à fantástica capacidade de criar novas possibilidades. Sem a curiosidade e a transgressão não seríamos criativos, não teríamos inventado nem uma roda, quanto mais um smartphone ou um robô espacial.
É claro que há diferentes, digamos assim, tipos de curiosidade. Uma coisa é querer entender a essência da matéria e descobrir o átomo, outra é não sossegar até descobrir com quem a colega de escritório está saindo às escondidas e espalhar uma fofoca braba por toda a empresa. Apesar disso, a essência é a mesma: a necessidade humana de transformar o desconhecido em conhecido, deslindando os mistérios, esclarecendo as incógnitas, desnudando as verdades.

Eugenio Mussak – Revista Vida Simples – Edição 123 – outubro 2012.

Assinale a alternativa que contém palavras retiradas do texto que não seguem a mesma regra de acentuação.




Questão 9

O segmento textual abaixo que deve ser classificado predominantemente como dissertativo-argumentativo é:




Questão 10

Assinalar a alternativa que classifica, CORRETA e respectivamente, as palavras sublinhadas em “‘Em um país racista como o nosso, a desigualdade de gênero é uma preocupação importante’...”:




Tempo de simulado:

um comentário

  1. Eliane
    #QT-57 A minha resposta foi a letra D.

Comentar Simulado