Página Inicial » Disciplina » Simulado de História – Questões Objetivas

Simulado de História – Questões Objetivas

Sobre a ciência que estuda o ser humano e sua ação no tempo e à análise de processos e eventos ocorridos no passado, a História, responda questões de que caíram em provas objetivas de Concursos.

Questão 1

A volta democrática de Getúlio Vargas ao poder, após ser eleito no ano de 1950, ficou caracterizada pelo presidente:




Questão 2

“Convencionou-se chamar de Idade Moderna o período histórico que se estende de 1453 (tomada de Constantinopla pelos turcos) até 1789 (início da revolução Francesa). No plano econômico, essa época foi marcada pelo desenvolvimento do capitalismo comercial (ou mercantil), forma inicial do sistema capitalista.

Sobre essa fase do capitalismo é CORRETO afirmar que:

I. Apesar de predominar o produtor independente, expande-se o trabalho assalariado. Existia a predominância do capital mercantil sobre a produção.
II. A maior parte do lucro concentrava-se nas mãos dos comerciantes, intermediários entre o produtor e o consumidor.
III. Período de emergência da economia mercantil, na qual o comércio e a produção artesanal começam a ganhar força. A produção estava nas mãos dos artesões que eram donos dos meios de produção.
IV. O capital industrial passa a dominar o conjunto da produção, distribuição e circulação de riquezas. Há uma clara separação entre os possuidores dos meios de produção e a massa dos trabalhadores.

Estão CORRETAS:




Questão 3

Considere o trecho:

A beleza, o mistério e a pompa dos terreiros de umbanda e candomblé pelo Brasil afora, em particular na Bahia, vêm de longe, no tempo e no espaço. Nasceram da cultura e da religiosidade dos negros que deixaram tantas outras marcas profundas em nossa sociedade, desde que foram retirados à força de suas comunidades e aqui desembarcaram em fnais do século XVI, trazendo crenças e ritos cuja prática muitas vezes lhes custou caro.

CALAINHO, Daniela Bueno. Nossa história. São Paulo/Rio de Janeiro: Vera Cruz; Biblioteca Nacional. Ano 2, n. 18, abr. 2005, p.67.

Com base no exposto, assinale a alternativa INCORRETA.




Questão 4

Leia o trecho a seguir.

Após a acirrada polarização ocorrida no segundo turno das eleições presidenciais de
1989, o novo presidente anunciou um bombástico e inusitado plano econômico, no dia
seguinte à sua posse, visando a modernização da economia brasileira. As medidas
propostas provocaram, de imediato, violento impacto social [...].‖
MENDONÇA & FONTES, 1994, p. 84.

Entre as medidas adotadas pelo novo plano econômico NÃO se inclui(em)




Questão 5

Assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna. Dentro do universo colonial, é importante destacar o cotidiano das relações escravistas. Embora muitos proprietários vissem os cativos como simples “coisas” e usassem a força e outros recursos para conservá-los nessa categoria, _____________________________.




Questão 6

Analise as sentenças abaixo e a seguir e assinale a alternativa correta.

I. Em linhas gerais, a economia colonial na América portuguesa caracterizou-se pela mão de obra escrava, pelo latifúndio, pela cultura de produtos tropicais e pela exploração de metais e pedras preciosas.

II. Outras atividades também desempenharam importante papel, coexistindo com aquelas que interessavam mais diretamente à política mercantilista metropolitana.

III. Embora a agroindústria do açúcar tenha sido uma atividade estratégica importante para a economia colonial, ela foi colocada em segundo plano já que a cultura cafeeira foi priorizada por conta da farta mão de obra escrava existente à época.

IV. A implantação da agroindústria cafeeira articulou a exploração da América e África - esta fornecedora de mão de obra - e ajudou a contornar a crise do comércio oriental, num período em que o monopólio português das especiarias orientais era posto em xeque pelos holandeses e ingleses.

Estão corretas as sentenças:




Questão 7

Um dos mais graves problemas sociais e ao mesmo tempo econômico que o Brasil enfrenta é a pobreza de sua população. Sabe-se que, comumente, governos brasileiros têm utilizado políticas indutivas de crescimento econômico como medida redutora da pobreza, sem no entanto, obter resultados satisfatórios ou permanentes. Sabe-se também que, dentre as regiões que mais sofrem com a pobreza, no país, estão a Norte e Nordeste.

Estudos históricos mostram que, em razão disso, houve um conflito, no Nordeste Brasileiro, liderado por Antônio Conselheiro que ficou conhecido como Guerra de Canudos.

Sobre esse assunto, analise as afirmativas abaixo, dê valores Verdadeiro (V) ou Falso (F).

() A situação do Nordeste brasileiro, no final do século XIX, era muito precária. Fome, seca, miséria, violência e abandono político afetavam os nordestinos, principalmente a população mais carente. Toda essa situação, em conjunto com o fanatismo religioso, desencadeou um grave problema social.
() Em novembro de 1896, no sertão da Bahia, foi iniciado um confito civil que fcou conhecido como Guerra de Canudos. Esta guerra durou quase um ano, até 05 de outubro de 1897, e, devido à força adquirida, o governo da Bahia pediu o apoio da República para conter este movimento formado por fanáticos, jagunços e sertanejos sem emprego.
() O beato Conselheiro, homem que passou a ser conhecido logo depois da Proclamação da República, era quem liderava este movimento. Ele acreditava que havia sido enviado por Deus para acabar com as diferenças sociais e também com os pecados republicanos, entre estes, estavam o casamento civil e a cobrança de impostos.
() Antônio Conselheiro por acreditar que era um enviado de Deus conseguiu reunir um grande número de adeptos que acreditavam em sua liderança e, em razão disso, ele, realmente poderia, libertá-los da situação de extrema pobreza na qual se encontravam.
() Devido à enorme proporção que este movimento adquiriu, o governo da Bahia não conseguiu por si só segurar a grande revolta que acontecia em seu Estado; por esta razão, pediu a interferência da República.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo.




Questão 8

“Acabar com a escravidão não basta; é preciso destruir a obra da escravidão”.

Trecho de um pronunciamento de um líder abolicionista pernambucano que escreveu “Um estadista no império”. Esse abolicionista é:




Questão 9

Podemos definir IDENTIDADE em todas as alternativas abaixo, EXCETO:




Questão 10

Considerando a região das Minas Gerais no século XVIII, é INCORRETO afirmar que




Tempo de simulado:

Comentar Simulado