Simulado Técnico em Agropecuária – Questões Teóricas

O Técnico em Agropecuária executa tarefas de caráter técnico relativas à organização, programação, controle assistência técnica e fiscalização dos trabalhos agropecuários. E também participa na execução e elaboração de programas e projetos desenvolvidos. As atribuições vão de fazer a análise e coleta de amostras, estudar as causas que dão origem aos surtos epidêmicos em animais, até a dedicação ao melhoramento genético dos animais e vegetais., selecionar matrizes e reprodutores e proceder a inseminação artificial e outros processos, controlar o manejo de distribuição de alimentos de origem vegetal e animal, participar na execução de programas e projetos de extensão rural. Além de treinar e orientar produtores pecuaristas, equipes de campo rurais e outros a respeito da agropecuária.
Preparamos esse simulado com questões específicas que ja caíram em provas de Concursos.

Questão 1

A coleta de dados sobre um rebanho ovino e caprino deve ser realizada de forma criteriosa, para garantir um eficiente controle econômico do sistema de produção. Além de dados obtidos diretamente dos animais, outros dados são importantes para contribuir com a eficiência econômica do sistema de produção. Indique V para as proposições verdadeiras e F para as falsas, acerca das informações coletadas:

( ) Das pastagens relativos à forrageira, ao solo e condições climáticas da região.
( ) Funcionamento e manutenção de implementos agrícolas.
( ) Sobre o uso de infraestrutura para atividades fora do sistema de produção.
( ) Qualidade física das benfeitorias e dados de sua manutenção.
( ) Eficiência da mão de obra e dados de demanda da mão de obra.
( ) Informações coletadas com periodicidade de 3 anos, sobre as pastagens.
( ) Demanda de maquinário e da infraestrutura, identificando os principais centros de custos.

Marque a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:




Questão 2

A manutenção ou a adição da matéria orgânica ao solo, por meio da rotação de culturas, incluindo o emprego adequado das coberturas vegetais e o manejo dos resíduos pós-colheita, promovem melhorias significativas no sistema produtivo ao longo dos anos, por uma série de razões, podendo-se enunciar, principalmente:

I. A melhoria do estado de agregação das partículas, pela formação de complexos organo-minerais;
II. O aumento da capacidade de armazenamento de água;
III. A contribuição à biodiversidade do solo e à supressão da sua biologia (micro, meso e macrofauna e flora), diminuindo a quantidade de espécies de organismos e também de inimigos naturais que irão atuar, negativamente, no controle e no equilíbrio de pragas (insetos, nematoides e outros) e doenças;
IV. A redução das perdas e a melhora na solubilização de nutrientes, dificultando seu aproveitamento pelas plantas;
V. A promoção da complexação orgânica do alumínio e do manganês, que se encontram em níveis tóxicos no solo;
VI. A redução da CTC efetiva do solo (dependente de pH).

Estão corretos:




Questão 3

São exemplos das mais importantes frutíferas, que são comumente propagadas por sementes, em cultivos comerciais:




Questão 4

“O sistema de produção mais antigo empregado na produção de hortaliças consiste em cultivar as plantas diretamente no campo, sem qualquer proteção”.

ANDRIOLO, Jerônimo Luiz. Olericultura geral: Princípios e Técnicas. Santa Maria: Ed.
UF2002.

Apesar de ser um sistema bastante usado os custos de produção neste é bastante inferior ao de outros mais complexos, suas limitações podem ser descritos no item:




Questão 5

Assinale a alternativa em que todos os benefícios apresentados são verdadeiros.
A suplementação nutricional para animais em pastagens promove:




Questão 6

A linfadenite caseosa, popularmente conhecida como ―mal do caroço‖, é uma doença bacteriana comum nos rebanhos de caprinos e ovinos no Brasil. Com relação a essa doença, é correto afirmar, EXCETO:




Questão 7

Em relação à manipulação hormonal do estro e da ovulação em pequenos ruminantes, é correto afirmar, EXCETO:




Questão 8

“É notório destacar que a qualidade da água para o processo de irrigação nem sempre é definida como perfeição. Muitas vezes, refere-se à sua salinidade com relação a quantidade total de sólidos dissolvidos, expressa em miligramas por litro, partes por milhão ou por meio de sua condutividade elétrica”.

BERNADO, Salassier; et.al. Manual de Irrigação. 8ª ed. Viçosa: Editora UFV, 2006.

Quanto às características que determinam a qualidade da água para irrigação, um dos parâmetros que se encaixa nas informações está em:




Questão 9

A rotação de culturas consiste na alternância de espécies ou culturas em um mesmo terreno, mediante sequência racional e não arbitrária, de forma a assegurar ou restabelecer o equilíbrio biológico e a produtividade do sistema depauperado pelo monocultivo, bem como possibilitar o aproveitamento dos efeitos de complementaridade entre as plantas envolvidas no sistema.
Os princípios básicos que determinam a eficiência e o sucesso da rotação de culturas são:

I. Alternância de espécies vegetais, apresentando exigências nutricionais semelhantes;
II. Alternância de espécies vegetais que apresentem diferentes sistemas radiculares, quanto à arquitetura, à distribuição e à profundidade de exploração do solo;
III. Alternância de espécies que não apresentem suscetibilidade a patógenos e a insetos-praga comuns;
IV. Uso de uma ou mais espécies com elevada capacidade de produção de resíduos, preferencialmente com baixo valor da relação carbono/nitrogênio (C/N).

Estão corretos os princípios que determinam a eficiência e o sucesso da rotação de culturas apresentados em:




Questão 10

“Podemos descrever que o solo se encontra em equilíbrio biológico, o mesmo conserva sua fertilidade ou aumenta, embora muito vagarosamente. A perda de sua fertilidade, em seu estado normal, é exceção raríssima”.

MALAVOLTA, E.; et. Al. Adubos e Adubações. São Paulo: Nobel, 2002.

O cultivo tende a reduzir a fertilidade do solo, pelo seguinte motivo:




Tempo de simulado:

Deixe uma resposta