Simulado Analista em Arquitetura – Questões Teóricas

O Analista em Arquitetura acompanha o desenvolvimento de projetos para identificar as necessidades dos clientes, levanta medidas, define materiais, elabora orçamentos e fiscaliza obras.
Simulado preparado com questões especificas de Provas que caíram em Concursos Públicos.

Questão 1

Atualmente, encontram-se disponíveis diversos produtos de sensoriamento remoto orbital (imagens de satélite), permitindo seu uso e aplicação em diversas escalas de trabalho requeridas ao Planejamento Urbano e Regional. Inserido nesse contexto, assinale abaixo a afirmativa INCORRETA.




Questão 2

Há diversos métodos de controle acústico, entretanto cabe ao Arquiteto a aplicação de conhecimentos específicos para cada situação. Sobre isso, analise as afirmativas abaixo:

I. De acordo com a NBR 10151, no exterior das edificações, as medições devem ser efetuadas em pontos afastados a aproximadamente 1,2 m do piso, e pelo menos, 2 m do limite da propriedade e de quaisquer outras superfícies refletoras.
II. Os níveis de pressão sonora em interiores devem ser o resultado da média ponderada dos valores medidos em, pelo menos, três posições distintas, sempre que possível afastadas entre si em, pelo menos, 0,5 m, segundo a NBR 10151.
III. A parcela da energia sonora, que não atravessa uma barreira e não é absorvida, é refletida por uma partição. Em espaços abertos, esse fenômeno é chamado de eco, e na acústica de salas, reverberação.
IV. A reverberação pode ser definida como a modificação de um campo ondulatório devido à introdução de um objeto. Parte do som muda a sua trajetória. O tamanho dessa mudança depende da relação entre o comprimento de onda e a dimensão característica do obstáculo.
V. Um material absorvente pode ser definido como aquele que converte potência sonora em energia interna, como forma de dissipar energia sonora. O mercado dispõe de uma gama de produtos que agem de formas distintas, cada qual com seu uso recomendado.

Estão CORRETAS




Questão 3

Para elaboração do projeto de instalações de água fria, são imprescindíveis as plantas completas de arquitetura, bem como entendimentos indispensáveis com o arquiteto e o calculista estrutural, a fim de se conseguir a solução mais estética dentro da melhor técnica e economia (CREDER, 2007). No que diz respeito às instalações hidráulicas prediais, analise as afirmativas abaixo:

I. A NBR-5626 (1998) exige que haja uma separação atmosférica, computada na vertical entre a saída d’água da peça de utilização e o nível de transbordamento dos aparelhos sanitários, caixas de descarga e reservatórios.
II. O encanamento que vai da bomba ao reservatório superior chama-se coluna d’água que é, normalmente, realizado por bombas centrífugas acionadas por motores elétricos.
III. O barrilete pode ser dimensionado, seguindo dois métodos: o método de Hunter e o método das seções equivalentes.
IV. O extravasor é um fenômeno decorrente de uma onda de pressão, resultante de uma súbita interrupção do escoamento de um fluido.
V. Em edifícios altos, existe a necessidade de se provocar uma queda de pressão. Para tanto, pode-se aumentar a perda de carga, introduzindo, no sistema, válvulas redutoras de pressão ou caixas intermediárias.

Estão CORRETAS, apenas,




Questão 4

De acordo com o Decreto n.9.405, de 11 junho de 2018 e a Lei n. 13.146, de 6 de julho de 2015, assinale a alternativa INCORRETA.




Questão 5

O território da área urbana do Município de Petrolina tem seu zoneamento, em função das suas especificidades, dos padrões urbanísticos e paisagísticos, das tipologias construtivas, do sistema viário, dos recursos naturais, das potencialidades de cada localidade e da intensidade de ocupação desejada. Considerando essa afirmativa, relacione a nomenclatura da zona à sua caracterização.

I. ZAM
II. ZR1
III. ZR2
IV. ZR3
V. ZR4

( ) Caracterizada pela predominância do uso habitacional unifamiliar de padrão construtivo baixo, presença de loteamentos de habitação popular ainda não ocupados, assentamentos irregulares e loteamentos clandestinos, vazios urbanos entre os loteamentos e em meio às áreas já urbanizadas, sendo pouco servida de infraestrutura e com problemas ambientais, especialmente pela presença do lixão. Propícia a uma ocupação de densidade média.
( ) Caracterizada pela predominância do uso habitacional unifamiliar de padrão construtivo médio-baixo, principalmente oriundo de conjuntos habitacionais, e pela intensidade da ocupação dos lotes. É dotada de infraestrutura e é propícia a uma ocupação de densidade média.
( ) Caracterizada pela predominância do uso habitacional, inclusive multifamiliar, de padrão construtivo alto, pela valorização imobiliária dos terrenos à beira-rio. É dotada de infraestrutura e é propícia a uma ocupação de densidade alta.
( ) Caracterizada pela concentração de atividades diversificadas, com raio de influência urbano-regional, notadamente comércio, serviços e equipamentos públicos, além do uso residencial consolidado, configurando-se como o centro expandido da cidade.
( ) Caracterizada pela predominância do uso habitacional unifamiliar de padrão construtivo médio-alto, pela presença de vários terrenos ainda vazios, pela boa localização geográfica com incidência de ventilação. É dotada de infraestrutura e é propícia a uma ocupação de densidade média-baixa.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.




Questão 6

O Estatuto da Cidade, Lei Nº 10.257, de 10 de julho de 2001 tem por objetivo estabelecer normas de ordem pública e também de interesse social, a fim de regular o uso da propriedade urbana, visando ao bem coletivo, à segurança e ao bem-estar da população, assim como o equilíbrio ambiental. Nesse contexto, analise as afirmativas abaixo:

I. As áreas urbanas com mais de 250 m², sendo utilizadas por população de baixa renda, por 5 anos ininterruptos e sem oposição, podem ser usucapidas coletivamente, se não for possível a identificação dos terrenos ocupados.
II. O direito de preempção pode ser exercido, sempre que o Poder Público necessitar de áreas para implementar programas e projetos habitacionais de interesse social, ordenamento e direcionamento da expansão urbana, implantação de equipamentos urbanos e comunitários, criação de espaços públicos de lazer e áreas verdes, criação de unidades de conservação ou proteção de outras áreas de interesses ambiental, histórico, cultural ou paisagístico, entre outros.
III. Áreas vazias ou subutilizadas, situadas em áreas dotadas de infraestrutura, ficam isentas (são sujeitas) ao pagamento de IPTU progressivo no tempo e à edificação e parcelamento compulsórios.
IV. O plano diretor poderá fixar áreas onde o direito de construir poderá ser exercido acima do coeficiente de aproveitamento básico adotado mediante contrapartida a ser prestada pelo beneficiário.
V. O plano diretor é definido como instrumento básico da política de desenvolvimento e expansão urbana, sendo obrigatório em municípios com mais de vinte mil habitantes e que sejam integrantes de regiões metropolitanas e aglomerações urbanas, dentre outros requisitos.

Estão CORRETAS




Questão 7

As vias expressas usualmente estão limitadas às grandes cidades. Essas vias foram concebidas na década de 60, notadamente nos Estados Unidos, para permitir os deslocamentos cotidianos da vida urbana onde os fluxos de tráfego são significativos, e as viagens envolvem grandes distâncias.
Sobre a hierarquização, dimensionamento e desenho de um sistema viário, assinale a alternativa INCORRETA.




Questão 8

No que diz respeito ao planejamento e gestão de obras, analise as afirmativas abaixo:

I. Depois de definido o tipo de produto a ser realizado e sua finalidade, serão pesquisadas e analisadas as condições determinantes, como necessidades, objetivos e meios financeiros dos usuários/compradores.
II. Durante o planejamento de obra e, principalmente, na elaboração do cronograma, é necessário trabalhar com um grande volume de dados, que precisam ser preparados e avaliados, até que possam ser utilizados.
III. Com o auxílio de softwares, como o Project ou o Navisworks, é possível planejar o desenvolvimento da obra e os recursos de forma racional e eficaz, com informações tridimensionais parametrizadas.
IV. As exigências com relação às instalações do canteiro são preponderantemente decorrentes de imposições legais. O dimensionamento, o tipo e a organização dos elementos de um canteiro de obras devem atender aos requisitos da Norma Regulamentadora n.18 – Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção.
V. Os custos de serviços terceirizados surgem quando serviços são executados por empresas subcontratadas ou pela mão de obra terceirizada contratada pela empresa encarregada da execução da obra.

Estão CORRETAS




Questão 9

Sobre instalações prediais, analise as afirmativas abaixo:

I. O projeto de esgotamento de águas pluviais em edifícios deve fixar, desde a tomada das águas, normalmente através dos ralos na cobertura e nas áreas, a passagem da tubulação em todos os pavimentos, a ligação das colunas de águas pluviais às caixas de areia no térreo, além da ligação do ramal predial à rede pública de águas pluviais.
II. A fim de evitar empoçamento, as coberturas horizontais de laje devem ter uma declividade mínima de 5%, para garantir o escoamento até os pontos de drenagem previstos.
III. O ralo plano deve ser usado onde o ralo hemisférico possa causar obstrução.
IV. A ligação entre os condutores verticais e horizontais será sempre feita por curva de raio longo, com inspeção, ou caixa de areia, conforme o tubo esteja aparente ou enterrado.
V. As águas pluviais devem ser lançadas em redes de esgoto usadas, apenas, para águas residuárias.

Estão CORRETAS, apenas,




Questão 10

De acordo com a Lei nº 10.257, de 10 de julho de 2001 – Estatuto das Cidades, sobre o Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV), analise as afirmativas abaixo:

I. A elaboração do Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) pode substituir o licenciamento ambiental requerido nos termos da legislação ambiental.
II. O Poder Executivo, baseado no Estudo de Impacto de Vizinhança, poderá condicionar a aprovação do empreendimento à execução de medidas, às expensas do município, para eliminar ou minimizar impactos negativos a serem gerados pelo empreendimento.
III. Os empreendimentos e atividades, privados ou públicos, situados em área urbana, que dependem de elaboração de estudo prévio de impacto de vizinhança (EIV) para obter as licenças ou autorizações de construção, ampliação ou funcionamento a cargo do Poder Público municipal, devem ser definidos por lei municipal.
IV. O EIV deve ser executado de forma a contemplar os efeitos positivos e negativos do empreendimento ou atividade quanto à qualidade de vida da população residente na área e suas proximidades, incluindo a análise de questões como o adensamento populacional e a geração de tráfego e demanda por transporte público.
V. A elaboração do Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) pode substituir o Certificado de Aprovação de Instalações - CAI após a realização de inspeção prévia da obra.

Estão CORRETAS, apenas




Tempo de simulado:

Deixe uma resposta