Página Inicial » Ensino Médio » Simulado Tradutor e Intérprete de LIBRAS – Conhecimentos Específicos

Simulado Tradutor e Intérprete de LIBRAS – Conhecimentos Específicos

Sua função é interpretar de uma dada língua de sinais para outro idioma, ou deste outro idioma para uma determina língua de sinais. O intérprete de Libras é o profissional que domina a língua de sinais e a língua falada do país e que é qualificado para desempenhar a função.
Confira e se prepare para fazer Concursos com a gente. Abaixo questões específicas para o cargo.

Questão 1

Conforme colocado por Albres (2015), o processo de tradução envolve duas línguas de modalidades diferentes, como as línguas de sinais e as línguas orais, sendo uma tradução intermodal. Desta forma, a fala do professor em uma língua é interpretada em outra língua, fala esta direcionada aos alunos e com o objetivo específico de promover a aprendizagem de determinado conteúdo/conceito. Em relação a esta mediação, marque (V) para as afirmativas VERDADEIRAS e (F), para as FALSAS.

( ) O professor torna-se parceiro do intérprete nesse processo ao mediar seus conteúdos com ele, e este, por sua vez, torna-se “mediador do mediador”.
( ) O intérprete educacional usa do discurso do outro (professor), vai enunciando simultaneamente com suas próprias palavras/sinais e construindo estratégias para trabalhar em prol do ensino-aprendizagem do aluno surdo.
( ) Ao perceber as dificuldades de compreensão do aluno surdo, o intérprete educacional poderá dedicar tempo em explicar, ensinar e tirar todas as suas dúvidas atuando neste contexto de forma independente do que está sendo tratado pelo professor. O objetivo é ajudar o aluno surdo.
( ) Ser usuário fluente no uso e compreensão da língua de sinais o torna automaticamente apto a realizar o processo de mediação no contexto educacional.
( ) Não é necessário a preparação antecipada do intérprete educacional para sua atuação na mediação, visto ele ser fluente em língua de sinais e língua portuguesa.

Assinale a alternativa que correspondente CORRETAMENTE à sequência de associação feita de cima para baixo:




Questão 2

A partir das afirmações abaixo sobre as concepções gerais referentes ao tradutor e intérprete de libras e o processo de tradução e interpretação, marque a alternativa CORRETA.




Questão 3

Leia as opções abaixo, relacionadas à Tradução e Interpretação da Língua de Sinais, e marque (V) para VERDADEIRO e (F) para FALSO.

( ) TILSP significa Tradutor e Intérprete de Língua de Sinais e Língua Portuguesa.
( ) A estrutura gramatical da Língua Americana de Sinais é a mesma da Língua Brasileira de Sinais.
( ) A soletração manual é a representação das letras da Língua de Sinais e não da Língua Portuguesa.

Assinale a alternativa que correspondente CORRETAMENTE à sequência de associação feita de cima para baixo:




Questão 4

Segundo Quadros e Karnopp (2004), no nível da sintaxe da língua brasileira de sinais, há verbos com e sem concordância verbal. Além desses, há outras expressões verbais chamadas verbos manuais. Conforme tais classes, associe a segunda coluna de verbos em Libras com a primeira.

I - Verbos sem concordância
II - Verbos com concordância
III - Verbos manuais

( ) Conhecer
( ) Provocar
( ) Amar
( ) Enviar
( ) Pintar
( ) Pagar
( ) Bater
( ) Cruzar-um-pelo-outro

Assinale a alternativa que correspondente CORRETAMENTE à sequência de associação feita de cima para baixo:




Questão 5

Albres (2015) considera que a interpretação no espaço educacional demanda uma atuação que antecede o momento da tradução e interpretação em sala de aula. Em relação a esta atuação, marque (V) para as afirmativas VERDADEIRAS e (F), para as FALSAS.

( ) O intérprete precisa ser acolhido como membro da equipe pedagógica, tendo acesso ao programa curricular da classe em que interpreta.
( ) Como não é o professor do aluno, o intérprete educacional não se torna o membro da equipe pedagógica.
( ) O professor precisa compartilhar com o intérprete educacional as estratégias pedagógicas que adotará em suas aulas para acesso prévio ao conteúdo da aula.
( ) Na relação com o professor, o intérprete também desenvolve um papel de esclarecedor da sua atuação, ao mesmo tempo em que recebe orientação pedagógica, revelando que na relação professor e intérprete é necessário um trabalho de colaboração.
( ) Toda a interação entre intérprete, professor e alunos surdos vai além da passagem de uma língua para outra de forma mecânica.

Assinale a alternativa que correspondente CORRETAMENTE à sequência de associação feita de cima para baixo:




Questão 6

Segundo Albres (2015), o intérprete educacional, historicamente, vem se configurando como um serviço da educação especial. Esse novo profissional e o aluno surdo surgem na escola pela perspectiva da inclusão e desestabilizam o habitus já formado no espaço escolar. Ações são redefinidas dentro da escola em função da posição ocupada pelo intérprete educacional como mediador e copartícipe do processo de ensino-aprendizagem. Quais funções o intérprete educacional assumiria diante do contexto de sala de aula em que o aluno surdo elege o intérprete como referência do seu processo de ensino-aprendizagem? Assinale a alternativa que responde CORRETAMENTE a essa pergunta.




Questão 7

Em 2005 foi aprovado o Decreto 5.626 que regulamenta a Lei 10.436/2002, possibilitando, dentre suas ações, a certificação de tradutores/intérpretes de libras a partir de um exame nacional de proficiência em língua de sinais, o Prolibras.
Sobre o Prolibras, assinale abaixo a alternativa CORRETA:




Questão 8

Quadros (2007) aponta alguns cursos de formação para intérpretes no mundo. A partir da autora referenciada, assinale a alternativa que correspondente CORRETAMENTE à sequência de associação feita de cima para baixo:

I - Formação de Intérpretes na Europa
II - Formação de Intérpretes na Finlândia
III - Formação de Intérpretes na Dinamarca
IV - Formação de Intérpretes nos EUA

( ) Os cursos de longa duração são realizados por uma escola (Christian Community College in Turku) desde 1988. Exige como pré-requisito a realização de outros cursos. A parte teórica é muito mais longa que nos cursos de curta duração.
( ) O programa de mestrado requer dois anos em tempo integral mais um verão. Requer que sejam completados de 52 a 58 créditos.
( ) Frequentemente a formação de intérprete envolve cursos em finais da tarde ou nos fins de semana promovidos pelas associações de surdos. A maioria dos programas são de curta duração (por volta de 6 meses) e não apresenta currículo amplo.
( ) Os cursos de formação de intérpretes são oferecidos pelo Centro de Comunicação Total em cooperação com o Colégio de Comércio e incluem dois anos em Tempo Integral, admitindo 20 alunos por ano. Os alunos entram no curso sem conhecimento em língua de sinais.




Questão 9

Sobre o trabalho em equipe na Interpretação da Língua de Sinais para a Língua oral, leia as afirmativas abaixo e marque a alternativa CORRETA.




Questão 10

Quadros (2007) apresentam fatos históricos relevantes sobre a constituição do profissional intérprete de língua de sinais na Suécia, nos Estados Unidos e Brasil. A partir dos dados apresentados sobre cada país, associe a segunda coluna com a primeira e assinale a alternativa que corresponde CORRETAMENTE à sequência de associação feita de cima para baixo:

I - Suécia
II - Estados Unidos
III - Brasil

( ) Em 1964, foi fundada uma Organização Nacional de Intérpretes para Surdos (atual RId), estabelecendo alguns requisitos para a atuação do intérprete.
( ) Em 1992, realizou-se o II Encontro Nacional de Intérpretes de Língua de Sinais, que promoveu o intercâmbio entre as diferentes experiências dos intérpretes do país, discussões e votação do regimento interno do Departamento Nacional de Intérpretes.
( ) Em 1981, foi instituído que cada conselho municipal deveria ter uma unidade com intérpretes.




Tempo de simulado:

Comentar Simulado