Simulado Bioquímico – Questões Teóricas

Orientar e controlar a produção de kits destinados as análises bioquímicas, microbiológicas e sorológicas destinadas as analises clinicas, imunológicas e aos bancos de sangue. A produção de produtos sorológicos destinados as análises clinicas, biológicas imunológicas e aos bancos de órgãos.
Responda e teste seus conhecimentos nesse simulado que preparamos com questões que caíram em provas de Concursos Públicos.

Questão 1

Na realização do teste não treponemico de VDRL (Veneral Diseases Research Laboratory) para o diagnóstico da sífilis, poderá ser observado o fenômeno de prozona. Esse fenômeno ocorrerá quando existir uma relação desproporcional entre a quantidade de antígenos e anticorpos durante a realização do ensaio e será capaz de gerar um resultado falso-negativo ao exame.
Na execução do ensaio, o analista poderá detectar a presença do efeito prozona ao realizar a

Questão 2

O sistema ABO sanguíneo é o mais importante na prática transfusional. Erros na tipagem ABO podem ocasionar reações transfusionais hemolíticas agudas, podendo causar óbito, em caso de transfusão incompatível. O sistema RhD é particularmente preocupante em gestantes, pois erros nessa tipagem podem levar ao desenvolvimento de doença hemolítica perinatal (DHPN).
Com base nesse assunto, assinale as afirmações abaixo com V (verdadeiro) ou F (falso).

( ) O soro de recém-nascido contém altos títulos de isoaglutininas (anti-A e anti-B) por ele produzidas.
( ) Para a realização da tipagem ABO em recém-nascidos (até 4 meses de idade), não se deve realizar a prova reversa.
( ) O teste de antiglobulina direto (TAD ou Coombs direto) é utilizado para pesquisar a presença de anticorpos livres no soro ou no plasma do paciente e é utilizado na pesquisa e na identificação de anticorpos irregulares.
( ) Gestantes que possuem anticorpos contra antígenos fetais advindos de gestações prévias apresentam anticorpos no soro e, portanto, o teste indireto da antiglobulina (Coombs indireto) resultará positivo.
( ) A idade de um paciente não deve ser considerada na realização da classificação ABO.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é

Questão 3

A técnica de hemaglutinação é utilizada na determinação do grupo sanguíneo ABO entre doadores e receptores de sangue. Nesse sentido, é CORRETO afirmar que indivíduos pertencentes ao grupo sanguíneo

Questão 4

A meningite aguda é uma das infecções mais comuns do Sistema Nervoso Central (SNC), sendo bactérias e vírus importantes causas dessa doença. Devido à gravidade dessas infecções, o laboratório deve estar preparado para realizar o diagnóstico de maneira rápida e precisa.
Sobre meningite aguda, assinale a alternativa INCORRETA.

Questão 5

Recentemente, a Associação Americana de Diabetes (ADA) e a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) indicaram que, além da glicemia de jejum e de 2 horas após o teste oral de tolerância à glicose (TOTG), o diagnóstico do diabetes melito (DM) pode ser realizado pelo teste de hemoglobina glicada (HbA1c). Em relação a HbA1c, assinale a alternativa INCORRETA.

Questão 6

Uma das recomendações para evitar erros pré-analíticos durante a coleta é respeitar a sequência de tubos a fim de impedir a contaminação por aditivos nos tubos subsequentes, conforme recomendação da CLSI H3-A6, (Procedures for the Collection of Diagnostic Blood Specimens by Venipunctures).
A esse respeito, assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

Questão 7

A automação na realização do hemograma trouxe maior segurança e agilidade na liberação de resultados. Mesmo assim, é necessário ficar atento aos possíveis erros que podem ocorrer na determinação de alguns parâmetros do hemograma automatizado. Sobre erros na determinação do Eritrograma, assinale a alternativa CORRETA.

Questão 8

De acordo com o Manual Técnico para o diagnóstico de sífilis, descrito pelo Ministério da Saúde e aprovado pela portaria nº 2.012, de 19 de outubro de 2016, assinale as afirmações abaixo com V (verdadeiro) ou F (falso).

( ) Entre as metodologias treponêmicas estão teste de anticorpos treponêmicos fluorescentes com absorção (FTA-Abs), ensaio imunossorvente ligado à enzima (ELISA) e Venereal Disease Research Laboratory (VDRL).
( ) A microscopia de campo escuro não é recomendada para material de lesões orais, pois a cavidade oral é frequentemente colonizada por outras espiroquetas que podem confundir o diagnóstico de sífilis.
( ) A fim de evitar resultados falso-negativos devido ao fenômeno de prozona, é fundamental que, ao se realizar qualquer teste qualitativo não treponêmico, a amostra sempre seja testada pura e na diluição 1:8. O fenômeno de prozona não ocorre nos testes treponêmicos.
( ) Os testes não treponêmicos detectam anticorpos anticardiolipina, que não são específicos para os antígenos do Treponema pallidum. Desse modo, os testes treponêmicos devem ser utilizados para o monitoramento da resposta ao tratamento.
( ) A persistência de resultados reagentes nos testes treponêmicos e/ou reagentes com baixa titulação nos testes não treponêmicos, após o tratamento correto para sífilis, caracteriza a cicatriz ou memória sorológica, sem que isso indique infecção.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é

Questão 9

O exame de urina é um teste de triagem que pode fornecer informações úteis para o diagnóstico de patologias do trato urinário e da função renal, bem como de outras alterações sistêmicas. Segundo as Recomendações da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial em relação à realização de exames em urina, avalie as afirmações a seguir.

I - A análise química da urina pode ser realizada através do uso de tiras reagentes e inclui a determinação do pH e a avaliação semiquantitativa de diversos parâmetros, entre eles proteínas, glicose, hemoglobina, corpos cetônicos e esterase leucocitária.
II - Resultados falso-positivos ou falso-negativos são incomuns com o uso de tiras reagentes; sendo assim, um resultado negativo na tira reagente descarta a presença de proteínas na urina.
III- Apesar da microscopia de campo claro ser a mais frequentemente utilizada na análise do sedimento urinário, a microscopia de luz polarizada é de grande utilidade para a identificação de cristais e de elementos que contenham gordura, sendo que os últimos produzem um padrão característico de cruz de Malta.
IV - Dos três tipos principais de células epiteliais que podem ser encontrados na análise do sedimento urinário, as células epiteliais tubulares renais têm um significado clínico maior e estão associadas a dano tubular renal.

Quais estão corretas?

Questão 10

Analise as afirmativas relacionadas à bioquímica e enzimologia clínica e assinale a alternativa INCORRETA.

Tempo de simulado:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *