Página Inicial » Ensino Superior » Simulado Bioquímico – Questões Teóricas

Simulado Bioquímico – Questões Teóricas

Orientar e controlar a produção de kits destinados as análises bioquímicas, microbiológicas e sorológicas destinadas as analises clinicas, imunológicas e aos bancos de sangue. A produção de produtos sorológicos destinados as análises clinicas, biológicas imunológicas e aos bancos de órgãos.
Responda e teste seus conhecimentos nesse simulado que preparamos com questões que caíram em provas de Concursos Públicos.

Questão 1

As bactérias anaeróbias representam o grupo mais numeroso de microrganismos da microbiota humana, podendo, sob determinadas circunstâncias, atuar como patógenos, cursando com patologias graves e potencialmente fatais. Devido à sua natureza fastidiosa, os anaeróbios necessitam de técnicas microbiológicas apropriadas, que levem em consideração suas características particulares: colheita, transporte e processamento apropriados; crescimento cultural lento e laborioso; testes de sensibilidade aos antimicrobianos realizados em circunstâncias precisas. Considerando que, sobretudo para os anaeróbios de interesse clínico e mais virulentos (Ex. Fusobacterium e Bacteroides), o oxigênio é um fator limitante para seu crescimento, como seriam classificados esses microrganismos?




Questão 2

As micoses causadas por fungos dimórficos, que apresentam comprometimento pulmonar, são




Questão 3

A técnica de hemaglutinação é utilizada na determinação do grupo sanguíneo ABO entre doadores e receptores de sangue. Nesse sentido, é CORRETO afirmar que indivíduos pertencentes ao grupo sanguíneo




Questão 4

As hematúrias são achados comuns nos exames de urina de rotina e nem sempre são sinais de doenças. A presença de hematúria associada a outras alterações urinárias, especialmente a proteinúria, sugere comprometimento do trato urinário e necessidade de investigação. O dismorfismo eritrocitário, como indicativo do local do sangramento, é de grande importância para definir se a hemorragia é glomerular ou não glomerular e, assim, definir a conduta médica.
O dismorfismo eritrocitário está associado à




Questão 5

A análise química dos leucócitos pelas tiras reativas oferece um meio mais padronizado para a detecção dos leucócitos. Uma vantagem do teste químico é a de também ser capaz de detectar leucócitos que foram lisados, os quais não aparecem no exame microscópico.
O que a reação para leucócitos nas tiras reagentes pode detectar?




Questão 6

Em condições normais, quase toda a glicose filtrada pelos glomérulos renais é reabsorvida. Caso os níveis sanguíneos de glicose se elevem, como no diabetes mellitus, aparece glicose na urina.
O nível sanguíneo, que excede a capacidade de reabsorção tubular da glicose, chamado limiar renal, encontra-se




Questão 7

Recentemente foi lançada, pela Sociedade Brasileira de Cardiologia, a decisão sobre o uso do jejum para dosagens laboratoriais dos testes que fazem parte do perfil lipídico, utilizados na avaliação diagnóstica de doenças cardiovasculares, que conduziu às novas orientações para uso do jejum nas dosagens laboratoriais pelas SBPC/ML e SBAC.
Quanto à dosagem desses parâmetros, é CORRETO afirmar que




Questão 8

Existem vários fatores interferentes nos exames realizados em amostras de sangue, desde o momento da coleta, incluindo a preparação das amostras até o processamento analítico propriamente dito. Tempo de contato do soro ou plasma com as células, existência de hemólise em graus variados, temperatura incorreta de armazenamento de amostra são alguns dos possíveis interferentes. Sobre esse assunto, assinale a alternativa CORRETA.




Questão 9

Os carboidratos são a principal fonte de energia da maioria dos organismos vivos. O diabetes é uma doença crônica, crescente na sociedade urbana, resultante de distúrbios no metabolismo de carboidratos. A hiperglicemia é a expressão dessa doença. Sobre o aspecto laboratorial desse distúrbio, assinale a alternativa CORRETA.




Questão 10

O plaquetograma inclui a contagem de plaquetas, determinação de VPM (volume plaquetário médio), PDW (amplitude de variação de tamanho das plaquetas e PCT (plaquetócrito), na maioria dos contadores automatizados e pode sofrer interferências, principalmente no processo pré-analítico. Porém, em alguns casos, também ocorrem erros espúrios nas contagens automatizadas devido a condições do próprio paciente. Sobre os possíveis interferentes na contagem de plaquetas do hemograma automatizado, assinale a alternativa CORRETA.




Tempo de simulado:

Comentar Simulado