Página Inicial » Ensino Superior » Simulado Enfermeiro – Questões Objetivas

Simulado Enfermeiro – Questões Objetivas

O enfermeiro atua em clínicas, hospitais e outras instituições de saúde. Cabe ao enfermeiro em qualquer um de seus níveis de trabalho planejar, coordenar e supervisionar a assistência prestada por equipes de saúde, atuando em áreas administrativas, assistenciais e também gerenciais.
Preparamos este simulado com questões específicas que caíram em provas objetivas de Concursos. Responda e avalie seu nível de conhecimento na área.

Questão 1

Redes de Atenção à Saúde (RAS) são organizações poliárquicas de conjuntos de serviços de saúde, vinculados entre si por objetivos comuns e por uma ação cooperativa e interdependente que permitem ofertar uma atenção contínua e integral, de forma humanizada e com equidade. Sobre as RAS, analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.

I. O primeiro elemento das RAS, e sua razão de ser, é uma população colocada sob sua responsabilidade sanitária e econômica. É isso que marca a atenção à saúde baseada na população, uma característica essencial das RAS.
II. Nas RAS, preconiza-se uma forma de atuação proativa e contínua, baseada em plano de cuidados, realizada conjuntamente pelos profissionais e pela pessoa usuária e com busca ativa.
III. A característica essencial do modelo de atenção à saúde na perspectiva das RAS é a fragmentação por ponto de atenção à saúde, sem estratificação de riscos e voltada para as condições de saúde estabelecidas.
IV. As RAS, como organizações poliárquicas de conjuntos de serviços de saúde, são coordenadas pela atenção hospitalar. Assim, os hospitais devem cumprir, principalmente, a função de responder às condições agudas ou aos momentos de agudização das condições crônicas, conforme estabelecido em diretrizes clínicas baseadas em evidências.
V. Nas RAS, o cuidado está relacionado com a atenção colaborativa realizada por equipes multiprofissionais e pessoas usuárias e suas famílias, com ênfase no autocuidado apoiado.




Questão 2

Sobre a insuficiência cardíaca descompensada, analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.

I. É a primeira causa de internação entre as doenças cardiovasculares no Brasil.
II. Dispneia, edema, congestão hepática e ascite são sinais de baixo débito cardíaco.
III. Volume de líquidos excessivo, intolerância à atividade e fadiga são alguns dos seus diagnósticos de enfermagem.
IV. Os diuréticos são indicados para aumentar a pré-carga e melhorar os sintomas de retenção hídrica.
V. A diminuição da frequência cardíaca é um dos seus mecanismos compensatórios.




Questão 3

A dor é definida pela International Association for the Study of Pain (IASP) como uma “experiência sensitiva e emocional desagradável associada ou relacionada à lesão real ou potencial dos tecidos, ou relatada como se uma lesão existisse, e cada indivíduo aprende a utilizar esse termo através das suas experiências anteriores”. Considerando essa definição, analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.

I. As escalas para a mensuração da dor contribuem para o cuidado atento às necessidades do paciente.
II. A administração de medicamentos analgésicos em esquema de horário fixo contribui para melhorar o controle da dor.
III. Os cuidados de enfermagem não devem ser realizados nos momentos de pico de ação dos analgésicos porque o paciente pode voltar a ter dor ao ser manipulado.
IV. As medidas de conforto não farmacológicas auxiliam para aumentar a eficácia dos agentes farmacológicos porque tratam os aspectos não fisiológicos da dor.
V. Desconhecer o impacto da dor sobre o paciente e subestimar a dor do indivíduo são alguns dos fatores que interferem na identificação e no tratamento da dor pela equipe de saúde.




Questão 4

O foco principal do cuidado intraoperatório é evitar lesões e complicações relacionadas à anestesia, cirurgia, posicionamento e uso de equipamentos. Os pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos recebem algum tipo de anes tesia ou sedação. Na sedação consciente, o paciente




Questão 5

D. Josefa, 42 anos, foi encaminhada por um médico dermatologista de uma clínica popular à Unidade Básica de Saúde de Santa Luzia com o diagnóstico de hanseníase para tratamento. O enfermeiro do programa, durante a avaliação dermatoneurológica, detectou que a usuária apresentava duas lesões em placa, uma na face e outra no braço E, com limites bem definidos e pouco elevados e com ausência de sensibilidade. No trajeto do nervo radial do braço E havia perda total de sensibilidade térmica, tátil e dolorosa e ausência de sudorese. Considerando-se que as manifestações clínicas da doença estão diretamente relacionadas ao tipo de resposta ao bacilo M. leprae, pode-se afirmar que neste caso trata-se da forma de hanseníase




Questão 6

As síndromes hipertensivas na gravidez são as maiores causas de morbidade e mortalidade materna e fetal (BRASIL, 2012). Dentre essas síndromes, destaca-se a hipertensão crônica na gestação que corresponde à hipertensão de qualquer etiologia quando o nível da pressão arterial for




Questão 7

Uma criança nasceu com espinha bífida (EB), que consiste em uma anomalia do tubo neural, caracterizada por um defeito da linha mediana envolvendo a insuficiência da coluna óssea (HOCKENBERRY; WILSON,2014). Em relação às características da EB e quanto ao tratamento e aos cuidados com as crianças que apresentam essa anomalia, analise as afirmativas abaixo.

I- Na avaliação do recém-nascido, o enfermeiro deve observar, entre outros aspectos, a higidez dos cistos membranosos, o movimento das extremidades, o reflexo anal e as fontanelas. O perímetro cefálico deverá ser medido diariamente.
II- Um dos tratamentos dos problemas renais é o esvaziamento regular da bexiga, tal como a cateterização intermitente com técnica limpa, ensinada e realizada pelos pais , e o ensino da autocateterização à criança, de acordo com seu nível cognitivo.
III- A meningocele é um tipo de EB oculta e tem uma variedade de complicações associadas que incluem hidrocefalia e mau funcionamento da derivação, escoliose, aspectos do controle vesical e intestinal, alergia ao látex e epilepsia.
IV- Para proteger o saco da mielomeningocele antes da cirurgia, o enfermeiro deverá orientar os pais a manter a criança em decúbito lateral, umedecer e aquecer o saco com curativo aderente e limpo, utilizando solução antisséptica de iodo.

Em relação ao exposto, estão corretas as afirmativas




Questão 8

O gestor da Unidade Básica de Saúde de São José, no sentido de identificar precocemente e tratar os casos de diabetes mellitus (DM), promoveu uma ação em saúde na própria unidade, envolvendo os usuários adultos que aguardavam consulta médica na sala de espera. O objetivo da ação seria rastrear os adultos assintomáticos com alto risco para desenvolver a doença. O Ministério da Saúde considera como critérios para o rastreamento do DM em adultos assintomáticos:




Questão 9

A Resolução COFEN n. 543/2017 atualiza e estabelece parâmetros para o dimensionamento do quadro de profissionais de enfermagem nos serviços/locais em que são realizadas atividades de enfermagem. Considerando essa resolução, analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.

I. O(A) Enfermeiro(a) Responsável Técnico (RT) deve dispor de, no mínimo, 5% do quadro geral de profissionais de enfermagem da instituição para a cobertura de situações relacionadas à rotatividade de pessoal e à participação em programas de educação permanente.
II. Cabe ao(à) enfermeiro(a) o registro diário da classificação dos pacientes segundo o Sistema de Classificação de Pacientes (SCP), para subsidiar a composição do quadro de enfermagem para as unidades de internação.
III. Para efeito de cálculo do referencial mínimo para o quadro de profissionais de enfermagem, para as 24 horas de cada Unidade de Internação (UI), considera-se 18 horas de enfermagem, por paciente, no cuidado intensivo, e 10 horas de enfermagem, por paciente, no cuidado intermediário.
IV. A distribuição percentual do total de profissionais de enfermagem para cuidado intensivo deve observar o Sistema de Classificação de Pacientes (SCP) e a proporção mínima de 52% de enfermeiros e demais técnicos de enfermagem.
V. Ao quantitativo de profissionais estabelecido deverá ser acrescido o Índice de Segurança Técnica (IST) de, no mínimo, 21% do total, dos quais 11% são referentes a férias e 10%, a ausências não previstas.




Questão 10

Cidadã, 54 anos, mãe de sete filhos, diabética, edema de face, com dificuldade de respirar e falar e queixando-se de dores fortes no tórax posterior, procurou o Hospital da rede pública de Saúde do Rio de Janeiro sendo logo acomodada em uma cadeira de rodas. O filho da paciente aguarda desesperadamente o atendimento à sua genitora, que não acontece e, logo questiona aos funcionários e a uma médica que se encontrava sentada em uma sala do hospital, concentrada no celular, pela demora no atendimento, haja vista a gravidade do caso. A médica respondeu que estava aguardando pela ficha de atendimento da paciente e que lá somente eram atendidos os casos graves. Recomendaram que ele levasse sua mãe à unidade de pronto atendimento de outro hospital, mas o quadro da paciente evoluiu com desidratação, desorientação e parada cardiorrespiratória, indo a óbito, sem atendimento.

https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2018/08/01.

Neste caso, de acordo com a Lei 8.080/1990, não foi respeitado o princípio do SUS equivalente à (ao)




Tempo de simulado:

Comentar Simulado