Simulado Enfermeiro – Questões Objetivas

O enfermeiro atua em clínicas, hospitais e outras instituições de saúde. Cabe ao enfermeiro em qualquer um de seus níveis de trabalho planejar, coordenar e supervisionar a assistência prestada por equipes de saúde, atuando em áreas administrativas, assistenciais e também gerenciais.
Preparamos este simulado com questões específicas que caíram em provas objetivas de Concursos. Responda e avalie seu nível de conhecimento na área.

Questão 1

A dor é definida pela International Association for the Study of Pain (IASP) como uma “experiência sensitiva e emocional desagradável associada ou relacionada à lesão real ou potencial dos tecidos, ou relatada como se uma lesão existisse, e cada indivíduo aprende a utilizar esse termo através das suas experiências anteriores”. Considerando essa definição, analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.

I. As escalas para a mensuração da dor contribuem para o cuidado atento às necessidades do paciente.
II. A administração de medicamentos analgésicos em esquema de horário fixo contribui para melhorar o controle da dor.
III. Os cuidados de enfermagem não devem ser realizados nos momentos de pico de ação dos analgésicos porque o paciente pode voltar a ter dor ao ser manipulado.
IV. As medidas de conforto não farmacológicas auxiliam para aumentar a eficácia dos agentes farmacológicos porque tratam os aspectos não fisiológicos da dor.
V. Desconhecer o impacto da dor sobre o paciente e subestimar a dor do indivíduo são alguns dos fatores que interferem na identificação e no tratamento da dor pela equipe de saúde.

Questão 2

Compareceu à Unidade Básica de Saúde da Cidade de Capanema Sr. José, 32 anos, cursando com febre vespertina diária, emagrecimento, mal-estar geral e tosse seca há mais de 15 dias. Após exames de diagnóstico, foi constado caso novo de tuberculose pulmonar e iniciado o tratamento. O profissional de saúde do Programa de Tuberculose identificou 3 contatos que residiam com o Sr. José: Jeorgina - 16 anos, João – 18 anos e Marcelo – 22 anos. Em consulta na própria UBS, procedeu à realização da anamnese e exame físico e, por serem todos assintomáticos, foram submetidos à prova tuberculínica (PT) com os seguintes resultados: Georgina PT = 6mm, João PT = 4mm e Marcelo PT = 3mm. Diante dos resultados da PT e seguindo-se as recomendações do Ministério da Saúde para investigação de contatos de tuberculose, a conduta adequada seria

Questão 3

A tuberculose é uma doença infectocontagiosa causada pelo agente etiológico Mycobacterium tuberculosis, que afeta prioritariamente os pulmões, tem transmissão direta pela via respiratória (inalação de aerossóis - tosse, fala ou espirro), e seus principais sinais e sintomas são: emagrecimento aparente, febre vespertina, sudorese noturna, cansaço/fadiga e tosse produtiva por cerca de três meses. No Brasil, a assistência ambulatorial e hospitalar é padronizada por meio dos protocolos e linhas de Redes de Atenção do SUS, e o tratamento medicamentoso está disponível na rede pública de saúde, sem ônus para o paciente.

De acordo com o Manual de Recomendações para o Controle da Tuberculose no Brasil – 2019 do Ministério da Saúde, é correto afirmar que:

Questão 4

Cidadã, 54 anos, mãe de sete filhos, diabética, edema de face, com dificuldade de respirar e falar e queixando-se de dores fortes no tórax posterior, procurou o Hospital da rede pública de Saúde do Rio de Janeiro sendo logo acomodada em uma cadeira de rodas. O filho da paciente aguarda desesperadamente o atendimento à sua genitora, que não acontece e, logo questiona aos funcionários e a uma médica que se encontrava sentada em uma sala do hospital, concentrada no celular, pela demora no atendimento, haja vista a gravidade do caso. A médica respondeu que estava aguardando pela ficha de atendimento da paciente e que lá somente eram atendidos os casos graves. Recomendaram que ele levasse sua mãe à unidade de pronto atendimento de outro hospital, mas o quadro da paciente evoluiu com desidratação, desorientação e parada cardiorrespiratória, indo a óbito, sem atendimento.

https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2018/08/01.

Neste caso, de acordo com a Lei 8.080/1990, não foi respeitado o princípio do SUS equivalente à (ao)

Questão 5

Mulher, 24 anos, queixando-se de náuseas, vômitos, atividade sexual ativa e suspeitando de gravidez, procurou o setor de pré-natal da unidade básica de saúde do seu bairro e durante a consulta de acolhimento pelo profissional de saúde informou que fazia uso irregular de contraceptivo oral e que apresentava atraso menstrual, com data da última menstruação maior do que 12 semanas. Neste caso, seguindo-se o fluxograma de pré-natal de baixo risco do Ministério da Saúde, a conduta adequada do profissional de saúde seria

Questão 6

As síndromes hipertensivas na gravidez são as maiores causas de morbidade e mortalidade materna e fetal (BRASIL, 2012). Dentre essas síndromes, destaca-se a hipertensão crônica na gestação que corresponde à hipertensão de qualquer etiologia quando o nível da pressão arterial for

Questão 7

A nova campanha de amamentação do Ministério da Saúde, lançada no mês de julho de 2018 reforça a importância do leite materno para o desenvolvimento saudável das crianças até dois anos de idade pois ainda reduz em 13% a mortalidade por causas evitáveis em crianças menores de cinco anos. Segundo OMS e UNICEF, cerca de seis milhões de crianças são salvas a cada ano com o aumento de taxas da amamentação exclusiva até o sexto mês de vida.

(http://portalms.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/43891-ministerio-da-saude-lanca-nova-campanha-deamamentacao).

Sobre o aleitamento materno é correto afirmar que

Questão 8

Lactente de 5 meses de idade é levado a Unidade Básica de Saúde por sua genitora para receber a vacina que estava aprazada na caderneta de saúde da criança. A enfermeira aplicou a vacina recomendada para o 5º mês de vida, conforme preconizado pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) e orientou acerca dos possíveis eventos adversos da vacina. Além disso, ela agendou as vacinas subsequentes e a suplementação de vitamina A para a criança.

Considerando o caso exposto, a vacina administrada na criança foi a

Questão 9

D. Nazaré, estimulada pelas notícias veiculadas pela mídia sobre o aumento da prevalência de determinadas doenças no Brasil, resolveu levar sua filha Marcia, adolescente, 10 anos de idade, nascida em 10/01/2008, residente em Belém do Pará, em bom estado de saúde, para verificar sua situação vacinal, no mês de fevereiro/2018. Procurou a sala de vacinação de uma unidade municipal de saúde do seu bairro e o profissional de saúde, após analisar a carteira de vacinação, informou que a adolescente estava em dia com as vacinas, inclusive com o esquema vacinal da vacina de HPV, precisando receber apenas as doses das vacinas correspondentes a sua idade atual. Levando-se em consideração o calendário nacional de vacinação 2018, do Ministério da Saúde, a adolescente receberá as seguintes vacinas e doses:

Questão 10

Homem de 65 anos, 75 kg, com diagnóstico médico de pneumonia, está recebendo Garamicina (Gentamicina) 2 g, de oito em oito horas, endovenoso. Quais dos exames laboratoriais abaixo devem ser monitorados pelo(a) enfermeiro(a)?

Tempo de simulado:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *