Simulado Médico Infectologista – Questões Objetivas

O Infectologista se ocupa do estudo das doenças causadas por diversos patógenos como príons, vírus, bactérias, protozoários, fungos e animais. O Infectologista atua basicamente em 4 grandes áreas clínicas: Diagnóstico e tratamento das doenças infecciosas e parasitárias. Imunizações (Vacinação). Aconselhamento na Prescrição de Antimicrobianos (Uso correto de antibióticos). Controle de Infecção Hospitalar.
Veja e responda o simulado com questões específicas do cargo.

Questão 1

O exame físico começa com a anamnese, seguida da observação do paciente e passando-se para o diagnóstico diferencial. A execução do exame físico é focalizada nos sistemas sugeridos pelo diagnóstico diferencial, fazendo-se testes ou manobras com o foco em questões específicas. Em relação ao exposto, marcar C para as afirmativas Certas, E para as Erradas e, após, assinalar a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:

(---) No caso de suspeita de hipovolemia, o pulso e a pressão arterial devem ser tomados com o paciente em pé́ e deitado, para observação de hipotensão postural.
(---) O baqueteamento digital pode indicar doenças pulmonares, como câncer ou cardiopatia cianótica crônica.
(---) A percussão dos campos pulmonares pode ser útil na identificação de hipertimpanismo por pneumotórax hipertensivo ou de macicez por pneumonia consolidada ou derrame pleural.

Questão 2

Em relação à manutenção da saúde na mulher adulta, são indicados, na prevenção da osteoporose:

I. Evitar álcool e tabaco.
II. Uso de baclofeno.
III. Fazer atividade física regularmente.
IV. Repor cálcio e vitamina D.

Está(ão) CORRETO(S):

Questão 3

Sobre a infecção por dengue, é correto afirmar que:

Questão 4

Paciente masculino, 53 anos, diabético e cardiopata em uso de metformina e insulina NPH, enalapril, furosemida, espironolactona, carvedilol, AAS e amiodarona, todos em doses elevadas, chega à emergência com queixa de dispneia em repouso há 2 dias. Refere que, há 4 semanas, iniciou quadro de tosse seca e febre esporádica com dispneia apenas aos esforços moderados. Com o passar do tempo, a tosse ficou mais frequente, com secreção mucoide, e a dispneia piorou bastante, a ponto de ter que dormir sentado na última noite. Relatava ainda que há 6 meses vinha apresentando perda de peso com diarreia intermitente, astenia e anorexia. Ao exame físico, apresentava-se emagrecido, taquidispneico, hipocorado, com turgência jugular, cianose de extremidades e manchas hipercrômicas com algumas pápulas e nódulos escurecidos em membros e tronco. O ritmo cardíaco era regular, mas em 3 tempos, pulsos cheios, PA 110 x 60 mmHg. A ausculta pulmonar era diminuída em base pulmonar direita, mas sem ruídos adventícios. A frequência respiratória era de 40 ipm, saturava 85% em ar ambiente. O hemograma mostrou 2.300 leucócitos (81% segmentados, 9% linfócitos, 2% eosinófilos e 8% monócitos), hemoglobina de 9,9g/dl e plaquetas de 130.000. A desidrogenase lática (DHL) era de 1520 U/L, e o HGT, de 389mg%. A radiografia de tórax mostrava hipertransparência em terço inferior de HTD, com infiltrado intersticial bilateral e aumento da área cardíaca.
Diante desse caso, o diagnóstico mais provável é o seguinte:

Questão 5

O tratamento da infecção latente tuberculosa (ILTB) constitui uma das medidas para o controle da tuberculose no Brasil, principalmente na população com HIV. Uma vez excluída a tuberculose ativa na população HIV positiva, constitui indicação de tratamento da ILTB, EXCETO:

Questão 6

Em relação à coinfecção HIV-HCV, assinale a afirmativa INCORRETA.

Questão 7

A espécie mais prevalente dos fungos leveduriformes, que se reproduzem por gemulação e pertencem à subdivisão Ascomycotina, ordem Saccharomycetales, é denominada:

Questão 8

Um ex-presidiário com diagnóstico de infecção pelo HIV há 5 anos, mas sem tratamento procura um serviço especializado com queixa de febre vespertina, perda de peso, astenia e tosse produtiva há 40 dias. Ao exame físico, estava emagrecido, febril, com pele ressecada e monilíase oral. Na ausculta respiratória, apresentava murmúrio vesicular diminuído em base pulmonar direita e roncos difusos, frequência respiratória de 16 ipm, saturando 97% em ar ambiente, PA: 110 x 70 mmHg. A radiografia de tórax mostrava derrame pleural à direita, infiltrado alveolar bilateral e imagem cavitária em ápice de pulmão esquerdo com paredes bem evidentes.
A conduta a ser tomada nesse caso é a seguinte:

Questão 9

Qual das alternativas abaixo refere-se ao conceito de Síndrome da Imunodeficiência Adquirida pelo HIV?

Questão 10

Com relação às recomendações mais atuais do Programa Nacional de Controle da Tuberculose no Brasil, assinale a afirmativa INCORRETA.

Tempo de simulado:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *