Página Inicial » Ensino Superior » Simulado Médico Infectologista – Questões Objetivas

Simulado Médico Infectologista – Questões Objetivas

O Infectologista se ocupa do estudo das doenças causadas por diversos patógenos como príons, vírus, bactérias, protozoários, fungos e animais. O Infectologista atua basicamente em 4 grandes áreas clínicas: Diagnóstico e tratamento das doenças infecciosas e parasitárias. Imunizações (Vacinação). Aconselhamento na Prescrição de Antimicrobianos (Uso correto de antibióticos). Controle de Infecção Hospitalar.
Veja e responda o simulado com questões específicas do cargo.

Questão 1

Paciente previamente hígida e recentemente diagnosticada com hipertensão arterial, em uso de atenolol 25mg ao dia há 5 dias, dá entrada na emergência com quadro de cefaleia de forte intensidade e vômitos há 3 dias. Segundo a paciente, ela acordou com cefaleia de forte intensidade e náuseas, vindo a vomitar 40 minutos após se levantar. Procurou atendimento médico por duas vezes anteriormente, sendo medicada e liberada para casa com melhora parcial da dor. Ao exame físico, apresentava rigidez de nuca 3+/4+, fácies de dor, desidratação, PA de 190 x 110 mmHg e temperatura de 38,1°C. Hemograma mostrava 13.100 leucócitos (80% de segmentados, 12% de Linfócitos, 2% eosinófilos e 6% monócitos). Devido à suspeita de meningite, foi coletado um LCR que se mostrou hemorrágico, com 572 células (70% linfomononucleares), incontáveis hemácias, glicose de 45mg/dl, proteína de 136mg/dl e GRAM com raros diplococos GRAM negativos. Qual a melhor conduta a ser tomada nesse caso?




Questão 2

Sobre Leishmaniose Tegumentar Americana, analise as afirmativas abaixo:

I. Trata-se de uma doença infectocontagiosa, causada por protozoário do gênero Leishmania com três principais espécies no Brasil: Leishmania (Leishmania) amazonensis; Leishmania (Viannia) guyanensi; Leishmania (Viannia) braziliensis.
II A infecção e a doença não conferem imunidade ao paciente, podendo haver novas manifestações clínicas após o tratamento.
III. Recomenda-se a confirmação do diagnóstico por método parasitológico, antes do início do tratamento, especialmente naqueles casos com evolução clínica fora do habitual e/ou má resposta a tratamento anterior.
IV. Pacientes com HIV devem ser investigados para LTA, quando apresentarem qualquer tipo de lesão cutânea ou mucosa com mais de duas semanas de evolução, expostos à área de transmissão de LTA, em qualquer época da vida.

Assinale a alternativa CORRETA.




Questão 3

Uma adolescente procura a emergência médica de seu plano de saúde com relato de disúria há 3 dias. Há 24 horas, apresenta febre com calafrios e lombalgia. Ao exame físico, apresenta temperatura de 39ºC, Giordano positivo à esquerda e postura antálgica. A frequência cardíaca é de 124 bpm, PA: 125 x 80 mmHg. A ausculta respiratória é normal. O hemograma mostra 23.800 leucócitos (4% de bastões, 85% de segmentados 6 linfócitos e 5% monócitos); hemoglobina de 13,7g/dl e plaquetas de 487.000.
Todas abaixo são opções de tratamento para essa paciente, EXCETO




Questão 4

Uma adolescente, previamente hígida procurou um serviço de pronto-atendimento com relatos de febre, mialgia, cefaleia, vômitos, diarreia e artralgias há 4 dias. Havia apresentado pela manhã um desmaio ao se levantar para ir ao banheiro e sangramento genital. Relatava não estar em período menstrual. Ao exame físico, apresentava taquicardia, palidez cutânea, extremidades frias, temperatura de 38,3ºC, rash petequial em tronco e porção superior de membros. A ausculta cardíaca estava normal, com frequência cardíaca de 138 bpm e PA: 85 x 50 mmHg. No aparelho respiratório, o murmúrio vesicular estava diminuído em bases. O abdome era doloroso difusamente, mas sem irritação peritoneal. Realizou hemograma que mostrou 2.100 leucócitos (41% segmentados, 56% linfócitos, 3% monócitos); hemoglobina de 16,2g/dl; hematócrito de 49,1% e plaquetas 89.000. AST de 234UI/L e ALT de 222 UI/L.
Diante desse caso, qual das afirmativas abaixo apresenta melhor conduta a ser tomada?




Questão 5

Em relação à coinfecção HIV-HCV, assinale a afirmativa INCORRETA.




Questão 6

O tratamento da infecção latente tuberculosa (ILTB) constitui uma das medidas para o controle da tuberculose no Brasil, principalmente na população com HIV. Uma vez excluída a tuberculose ativa na população HIV positiva, constitui indicação de tratamento da ILTB, EXCETO:




Questão 7

São Infecções comumente causadas por microrganismos anaeróbicos todas abaixo citadas, EXCETO:




Questão 8

Uma jovem no curso da 21ª semana de gestação procura um serviço de infectologia, levando seus resultados de exames de pré-natal, inclusive um teste Elisa e um Western Blot para HIV REAGENTE.
Diante desse quadro, assinale a alternativa que indica a melhor conduta a ser tomada.




Questão 9

Com relação ao Tétano acidental, assinale a alternativa CORRETA.




Questão 10

Com relação ao diagnóstico da sífilis, assinale a alternativa CORRETA.




Tempo de simulado:

Comentar Simulado