Simulado Médico Intervencionista SAMU – Questões Teóricas

O médico intervencionista é a autoridade sanitária do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192), que decide todas as condutas de atendimento: Deve exercer a regulação médica pré-hospitalar e inter hospitalar, conhecer a rede de serviços da região, manter uma visão global e permanentemente atualizada dos meios disponíveis para o atendimento pré-hospitalar e das portas de urgência, checando periodicamente sua capacidade operacional. Além da recepção dos chamados de auxílio, análise da demanda, classificação em prioridades de atendimento, seleção de meios para atendimento (melhor resposta), acompanhamento do atendimento local, determinação do local de destino do paciente, orientação telefônica.
Veja e responda o simulado com questões específicas do cargo.

Questão 1

Sobre o Trauma Crânio Encefálico (TCE) grave, assinale a alternativa INCORRETA.

Questão 2

Menor 4 anos deu entrada no pronto-socorro com quadro de tosse seca, taquidispneia e chiado há 48 horas, com piora há 6 horas. Genitora negava febre. Relatava episódios semelhantes prévios. Na admissão, apresentava-se normoativo e alerta, retração de fúrcula, sibilos e estertores expiratórios difusos à ausculta, FR 42irpm, FC 112bpm.
As etapas de tratamento mais indicadas para o caso são:

Questão 3

Homem de 25 anos de idade, vítima de acidente com colisão de carro, no qual era passageiro, e o motorista faleceu na cena. O paciente é transportado à emergência, imobilizado em prancha rígida, em uso de colar cervical semirrígido. O oxigênio está sendo administrado sob cateter 6L/min, e solução de cristaloides em dois acessos periféricos de grosso calibre está sendo infundida. Sua PA na entrada da emergência é de 75/40mmHg (após administração de 4000mL de solução cristaloide), sua frequência cardíaca é de 65bpm, e a frequência respiratória é de 32irpm, respirando superficialmente, com SpO2 de 97%. Encontra-se de olhos abertos, consciente, com resposta verbal adequada. Ele é capaz de elevar os ombros quando solicitado, mas é incapaz de elevar os cotovelos ao nível dos ombros ou mover ambas as pernas.

Diante do mecanismo de trauma e do exame físico do paciente ao ser admitido na emergência, assinale a alternativa que indica o nível da lesão medular sofrida.

Questão 4

No atendimento de um paciente politraumatizado, vítima de atropelamento, verifica-se, na avaliação inicial, dispneia, hipotensão, PA 70x40mmHg, turgência jugular, bulhas cardíacas abafadas, murmúrios vesiculares presentes bilateralmente à ausculta pulmonar. Qual o tratamento imediato a ser instituído?

Questão 5

Paciente 16 anos de idade, ao retirar uma pipa presa em um poste, recebeu choque de alta voltagem e sofreu queda de aproximadamente 5 metros de altura. Foi levado pela família diretamente ao pronto-socorro. Na admissão, apresentava-se agitado, confuso e com os seguintes dados vitais: FC: 120 bpm, FR: 24 rpm, PA: 90/60 mmHg, saturação de 89%. O paciente referia dor abdominal difusa e, no exame físico, observava-se equimose em transição toracoabdominal direita, rotação lateral externa com deformidade da coxa direita, queimadura em palma da mão esquerda, onde houve entrada do choque elétrico e lesão ulcerada do pé esquerdo, provável saída do choque elétrico.

O paciente evoluiu 10 horas após a admissão na UTI, com piora da dor abdominal, sudorese, instabilidade hemodinâmica, sem boa resposta à expansão volêmica, com necessidade de início de vasopressores. Levado ao centro cirúrgico, apresentava extenso hemoperitônio, com sangramento hepático pulsátil. Paciente cursou no transoperatório com parada cardíaca, sem reestabelecimento da hemodinâmica, mesmo após 40 minutos de reanimação, sendo atestado o óbito.
Assinale a alternativa que indica CORRETAMENTE quem deve assinar a Declaração de Óbito e a forma de preenchimento da causa do óbito.

Questão 6

Paciente vítima de politrauma apresenta-se comatoso, com abertura ocular à dor, pupila direita de diâmetro maior que a esquerda, emitindo sons, retira membro superior direito ao estímulo doloroso, enquanto não esboça resposta motora à esquerda.
A pontuação da Escala de Coma de Glasgow (ECG) conferida e a sequência mais adequada de medidas são:

Questão 7

Paciente, no curso da 33ª semana de gestação, dá entrada no pronto-socorro com queixa de cefaleia intensa, escotomas, edema de membros inferiores e dor em hipocôndrio direito. Pressão arterial da admissão de 180x110mmHg. Sumário de urina com 3+ de proteínas.
Sobre esse caso, assinale a alternativa INCORRETA.

Questão 8

Sobre a assistência à vítima de Parada Cardiorrespiratória (PCR), assinale a alternativa INCORRETA.

Questão 9

Recém-nascido (RN), com 40 semanas de idade gestacional e peso de 3.500 g está ictérico até a zona IV de Krammer, nas primeiras 24 horas de vida. A conduta inicial mais adequada é

Questão 10

Paciente 16 anos de idade, ao retirar uma pipa presa em um poste, recebeu choque de alta voltagem e sofreu queda de aproximadamente 5 metros de altura. Foi levado pela família diretamente ao pronto-socorro. Na admissão, apresentava-se agitado, confuso e com os seguintes dados vitais: FC: 120 bpm, FR: 24 rpm, PA: 90/60 mmHg, saturação de 89%. O paciente referia dor abdominal difusa e, no exame físico, observava-se equimose em transição toracoabdominal direita, rotação lateral externa com deformidade da coxa direita, queimadura em palma da mão esquerda, onde houve entrada do choque elétrico e lesão ulcerada do pé esquerdo, provável saída do choque elétrico.

Foram obtidos 2 acessos venosos periféricos e, após infusão de 1000 ml de cristaloide, o paciente evoluiu com os seguintes dados vitais: FC: 90 bpm, PA: 120/70 mmHg, Saturação: 96%. Foi conduzido ao exame de tomografia abdominal com contraste venoso que evidenciou lesão hepática grau III.
De posse dessa informação, assinale a alternativa que indica a melhor conduta.

Tempo de simulado:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *